segunda-feira, 20 de novembro de 2017

A importância e necessidade do ensino à distância (EAD) em radiologia

A aplicação de modernas tecnologias e softwares de informática, tem possibilitado através de um intercâmbio de informações, inúmeras ferramentas em telemedicina e telerradiologia  permitindo novas abordagens em telediagnóstico, teleconsultoria e também um grande benefício para o crescimento do ensino à distância (EAD) em radiologia.  
O modelo de ensino EAD cumpre um papel fundamental no país, trata-se de uma modalidade de ensino que já existe há vários anos e vem tomando um grande impulso perante a sociedade. Proposta de ensino que visa o aumento da capacidade do sistema de educação superior, mantendo a qualidade do ensino e da formação profissional. 
A Radiologia é uma das especialidades que mais se beneficiam com o desenvolvimento da telemedicina. No Brasil, diversas experiências acadêmicas tem se desenvolvido em telerradiologia, a maior parte desse sucesso, é através do uso significativo das tecnologias de informação (TIC), pela  união de ferramentas de tecnologias eletrônicas e de telecomunicações que permite o envio de informações e de conteúdo didático na forma de imagens para o ensino em radiodiagnóstico. 
Os chamados ambientes digitais de aprendizagem, através da combinação de diversas mídias, como textos, sons, imagens e vídeos, não substituem por completo a tradicional modalidade de ensino presencial em sala de aula, mas possibilitam um estudo sincronizado em tempo real com instrutores em que alunos e professores sintam-se próximos, contribuindo para o aprendizado colaborativo. Além disso, possibilitam o armazenamento, distribuição e acesso às informações independente do local.
O ensino de radiologia e diagnóstico por imagem tem por base a análise de casos reais. O instrutor apresenta ao estudante estudos como a relação entre a anatomia e suas representações correspondentes na imagem, o conhecimento dos elementos semiológicos associados a ela, a rotina para conclusão do laudo para estudantes de medicina e os recursos de manipulação, formatação, seleção de protocolos de exames e demais ferramentas para  geração e qualidade das imagens voltados para o aprendizado de estudantes de graduação e de curso técnico em radiologia. 



Foto ilustrativa: Sistema integrado de envio de informações PACS e rede DICOM como ferramentas fundamentais no armazenamento de imagens para a distribuição de laudos médicos e no ensino (EAD) de radiologia. (Fonte: site Telelaudo). 


O ambiente de ensino deve ser o mais simples e operacional possível e deve ter descritas na literatura alguns sistemas voltados à criação de arquivos didáticos em radiologia e que permitam a implementação de banco de dados didáticos em radiologia com um impulso significativo em termos de desenvolvimentos de sistemas computacionais, podendo aliar algumas soluções disponíveis na Internet de uso livre e que podem ser utilizadas como recurso e com facilidade para criação de uma biblioteca de imagens. 


Foto ilustrativa: Ferramentas utilizadas para a distribuição de conteúdo digital em telerradiologia e ensino EAD (Fonte: Laboredo Imagem). 


Foto ilustrativa: Softwares de imagens PACS são essenciais na modalidade de ensino EAD em radiologia (Fonte: www.digrad.com.br). 


A formação inicial e continuada de estudantes e profissionais da Radiologia precisa de características peculiares no currículo por ser uma área interdisciplinar, de evolução tecnológica constante. Em países como o Brasil, existem barreiras como o pequeno número de profissionais, geograficamente mal distribuídos, baixos recursos financeiros, e poucas opções em termos de acesso à informação, dificultando a incorporação e disseminação de novas técnicas que impactam na qualidade do atendimento  e no ensino de ciências em saúde. 
Esse sistema de ensino tem como foco principal o treinamento dos médicos residentes, médicos radiologistas atuantes e demais estudantes e profissionais da radiologia (tecnólogos e técnicos).  As bases para sua composição são sistemas com tutores, base didática de imagens, bases de conhecimento e estrutura de ensino a distância EAD. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário